Reforma do PV: estrutura paliativa para a imprensa é a única salvação para entregar em abril

Publicado em 17 de março de 2011 por brunoformiga no PORTAL CNEWS

Acima como deverá ficar, abaixo como está hoje.

pv-apcdec 039 

A informação é segura: a prefeita Luizianne Lins sabe que só conseguirá reinaugurar (parcialmente) o estádio Presidente Vargas se abrir mão, de imediato, das cabines de imprensa.

Em reunião na última quarta-feira, ela bateu o pé e disse aos participantes do encontro que precisa montar uma estrutura provisória para radialistas e jornalistas. A ideia é contratar uma empresa de Salvador, acostumada a montar os camarotes durante o Carnaval, e colocar os profissionais um pouco à frente do local previsto para as cabines. Dessa forma, a obra seria tocada atrás.

Segundo o Na Bola apurou, alguns vereadores ligados à prefeita já se movimentam em busca dos laudos de segurança mesmo com obras em curso (a PM, por exemplo, chegou a declarar que não libera o estádio com obras internas ou externas em andamento).

O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (APCDEC), Edílson Alves, não vê problema em reabrir o estádio com a estrutura provisória. No entanto, o radialista afirma que a entidade precisa participar do projeto paliativo. “Queremos ter contato com essa empresa para mostrarmos nossa demanda”, diz.

A preocupação de Edílson Alves é saber se a estrutura atenderá a todas as exigências para as transmissões de rádio e televisão, além do trabalho da imprensa escrita.

Em recente visita ao estádio, o diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, observou a falta de lugar pronto para a imprensa. Ele garantiu que não vai permitir jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil no PV caso não haja uma estrutura com as mínimas condições de trabalho.

Conforme o jornal O Povo adiantou no último dia 5, há quem aposte na reabertura do PV apenas em junho. A previsão foi confirmada ontem ao Na Bola, caso a estrutura móvel e provisória não seja montada.

É esperar para ver.

Fonte: PORTAL CNEWS

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.