Diretoria da APCDEC cobra condições adequadas

Edilson e Alano nas Cabines do PVPV vespera da abertura 005

Matéria do Jornal O ESTADO de 30/05/2011 – Caderno de Esportes

Apcdec cobra condições adequadas
O presidente da Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará (Apcdec), Edilson Alves, está de olho na montagem da estrutura definitiva das cabines de Rádio e Televisão e da tribuna de imprensa do novo Presidente Vargas (PV). Ele cobra adequações na estrutura para facilitar o trabalho dos cronistas. “É óbvio que a estrutura definitiva vai ficar muito melhor que este improviso que nós estamos trabalhando. Temos que acompanhar agora pare passo para que a gente possa contemplar o mínimo possível para as condições de trabalho para o cronista”, afirma Edilson Alves.
Ele adianta “que estamos solicitando a ampliação para 30 bancadas de imprensa escrita e digitalizadas (sites). Estamos adequando à vidraça das cabines de Rádio e Televisão para que possa entrar as ondas dos microfones sem fio. Pois sem isso a gente não pode trabalhar, nem respeitar o regulamento da CBF que estabelece que Rádio não pode andar com microfone com fio arrastando no estádio”.
Outra reivindicação da Apcdec é uma melhor plataforma para o local das câmaras de Televisão. “Essa é que é importante. A visibilidade. A segurança. Para contemplar não só aquela Televisão que tem o direito de arena, mas também contemplar a Tevê nossa. A TV Fortaleza, a TV Assembleia, a Cidade, O Povo, Jangadeiro, Diário, RedeTV!, Ceará; todas nossas para que possam cobrir o fato jornalístico que está ocorrendo no esporte no Ceará. É um direito de todos”, diz Edilson cobrando “um espaço adequado que dê segurança e visibilidade, igual quem está pagando para transmitir”. A administração do novo PV juntamente com o consórcio Módulo-Fujita se comprometeu a atender a pauta da Apcdec.

Por Lauriberto Braga
Editor de Esportes

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.