NOTA DE APOIO A NEYMAR JR.

neymar jr

Por sugestão do nosso Presidente de Honra, Dr. Cid Sabóia de Carvalho, a APCDEC solidariza-se com o jogador da seleção brasileira, Neymar Jr., que está sendo vítima de uma "campanha injuriosa" pela mídia mundial e torcedores adversários.

Acreditamos que a desclassificação prematura  da seleção brasileira da Copa do Mundo da Rússia, fez com que o craque sofresse uma cobrança maior da torcida e da grande mídia mundial. Reconhemos ainda, que qualquer brincadeira de mau gosto ou gozação excessiva, caracterize-se como INJÚRIA ao atleta e por consequência, merece o nosso pronto REPÚDIO.

Não confundamos críticas e opiniões, com falta de respeito  ao profissional da bola, que mesmo com seus defeitos, é reconhecidamente, um dos astros do futebol mundial.

Reiteramos a nossa total solidariedade à Neymar Jr, ídolo do futebol brasileiro e mundial,  torcendo para que logo retorne aos seus melhores dias e nos dê as alegrias que precisamos para realizar conquistas dentro de campo.

Fortaleza, 17 de julho de 2018.

ALANO MAIA
presidente da APCDEC

Um comentário em “NOTA DE APOIO A NEYMAR JR.”

  1. CONGRATULAÇÕES
    Uma Nota oportuna que revela maturidade, equilíbrio, humanismo, solidariedade e valorização do craque e do futebol brasileiro. Portanto, uma iniciativa lúcida e madura de quem sabe entender as questões humanas e que verdadeiramente possui as precondições essenciais para fazer quaisquer análises.
    As pessoas em geral precisam fazer um esforço para entender as relações e inter relações humanas e o comportamento das mais diferentes pessoas.
    Neymar, no que pese alguns excessos, é “coisa nossa”, é brasileiríssimo e deveria servir para aplacar nosso complexo de vira-latas, tão pungente como jamais se viu, a ponto de rejeitarmos tudo o que o extra série Neymar representa de bom, de excepcional, de virtuose, de talento, de espetáculo.
    Infelizmente nosso Brasil é useiro e vezeiro em tratar mal os seus ídolos e de tentar reduzi-los a pó. Isso prova o quanto estamos desumanizados, o quanto a escória humana feriu gravemente a ética das relações humanas, o quanto isso produziu e produz efeitos negativos em nosso povo, empobrecendo e desglamourizando nossa relações interpessoais, nossas instituições e nossos ídolos.
    Vale entendermos contudo, que tal contexto não vitimiza somente o Neymar, mas ele já avança sobre todos nós, depauperando nosso convívio.
    Nossos parabéns a todos que estão engajados nessa luta pela revalorização das relações humanas, e de modo especial à nossa APCDEC.
    .
    .
    (Benê Lima, Cronista Esportivo, Rosacruz e Humanista)

Deixe uma resposta para Benê Lima Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *