Hibernon, Apcdec e Sindicato representam contra Evandro Leitão junto ao MPT 7ª Região.

O Sindicato dos Radialistas e Publicitários do Ceará e a Associação Profissional dos Cronistas Desportivos do Estado do Ceará – APCDEC, por seus respectivos presidentes protocolou denúncia neste dia 25/01/2011 junto a Procuradoria Regional do Trabalho do Ministério Público do Trabalho 7ª Região, contra o senhor EVANDRO LEITÃO, presidente do Ceará Sporting Club. A representação é motivada pela proibição que o senhor EVANDRO LEITÃO faz ao radialista e cronista esportivo HIBERNON DA PAZ MONTEIRO que desde 1987 é setorista do Sistema Verdes Mares de Comunicação – Rádio Verdes Mares AM 810, e que faz a cobertura e tem empatia com o Ceará Sporting Club.

Veja abaixo cópia da denúncia protocolada nesta data.

Hibernon Hibernon (1)

13 comentários em “Hibernon, Apcdec e Sindicato representam contra Evandro Leitão junto ao MPT 7ª Região.”

  1. Cobrir o CSC é uma coisa,entrar nas dependências do Clube é outra completamente diferente,senão por isso, seria contra a lei a proibição de torcedores adentrarem ao clube em dias de treinamentos o que torna-se um fato rotineiro,não obstante seria passível de direito como mencionado(Utilidade pública),o aceso inclusive de setoristas de clubes rivais já que rivalidade não consta em parágrafos de nenhuma LEI,e isto desde os primórdios,desde a existência da instituição CSC nunca foi permitido.

  2. Não podemos calar e nem concordar com tudo isso. Hoje é com Ibernon e amanhã pode ser com qualquer um de nós. Estejamos todos juntos em defesa de um companheiro de trabalho.

    1. Pois reze, porque se um dia eu for presidente do Ceará você e sua corja num passa nem na calçada, essa sim que é pública. Apesar de você ser torcedor de um time acolá, não merce nosso respeito.

      1. Faço das palavras do Paulo Cesar as minhas e acrecento que a imprensa daqui é a unica do “Brasil” que bagunça e maltrata aquilo de que vive, os maiores clubes do estado. Ao inves de fortalecer aquele clube para crecer junto, quer ver o negocio acanalhado, pra ter a noticia em primeira mão, o furo de reportagem.

  3. Me lembro claramente, que antes da eleição o Sr. Hibernom Monteiro junto com Gomes Farias estavam fazendo campanha contra a diretoria do Ceará, porque a mesma não decidiu apoia-la nas campanhas de Gomes Farias e Rabello para vagas na Câmara Federal e Estadual. O grande problema é que o time engrenou e foi para a primeira divisão.

    A raiz deste problema é POLÌTICO.

  4. Gomes Farias e Hibernon são “viúvas” das antigas más administrações do Ceará. Digo isso com pesar, pois fui ouvinte deles durante muitos anos. Mas, hj, os vejo como pessoas magoadas pq perderam o espaço que tinham na bagunça que era o clube. Quanto mais desorganizado melhor era para eles. No momento que organizou, faltou espaço para a fofoca, a notícia dada em primeira mão, a intromissão nas decisoes intenas, etc. Alguém lucrava com aquela desorganização e, com certeza, não eram o Ceará e sua torcida.

    Quantas vezes ouvi outros cronistas reclamarem do tratamento diferenciado que eles tinham ao revelar contratações antes de todo mundo, ter livre acesso a reuniões da diretoria, benefícios pecuniários, passagens aéreas, etc. e nunca vi essa entidade de cronistas se manifestar a favor dos que eram preteridos.

    Por essa e por outras que pouco escuto a imprensa local. Vejo luz em poucos, e cito como bom exemplo o Wilton Bezerra e uma moçada da rádio e tv “O Povo”. E só!

    1. O Hibernon precisa acordar, reciclar-se, e entender que os tempos hoje são outros. Aliás, não só ele mas muitos outros chamados de”Dragões” da nossa gloriosa imprensa. Foi-se o tempo em que o torcedor norteava-se apenas naquilo que ouvia nas rádios e seus setoristas. A Internet chegou trazendo muito mais dinanismo e fontes bem mais confiáveis sobre as informações repassadas ao torcedor que, por sua vez também as confere. Tratou de desarrumar, o “arrumadinho” que sempre existiu, e que fez a fama e a fortuna de boa parcela dos senhores do rádio cearense.

      Ele Hibernon sim, teleguiado que sempre foi pelo maior oportunista do rádio local, o Sr. Gomes Farias, tentou o tempo todo criar factóides baratos para, propositadamente, desestabilizar e atingir politicamente a pessoa do presidente alvinegro Evandro Leitão. Fez isso sem cerimónias. Sem se importar nem um pouquinho se o clube, Ceará Sporting Club e sua imensa torcida, estariam também sendo atingidos e/ou prejudicados.

      Lamentavel, mas não surpreendente, é a postura do Alano Maia. Tricolor de carteirinha que o é, maquiavelicamente, assossia-se a esse teatro ridículo lhe fazendo côro. Tudo apenas para defender seu colega de microfone, e de alguma forma tentar atingir o maior clube do estado.

      Pense na imparcialidade e no pouco profissionalismo…

    2. “ALANO MAIA disse:
      26/01/2011 às 08:40

      Não podemos calar e nem concordar com tudo isso. Hoje é com Ibernon e amanhã pode ser com qualquer um de nós. Estejamos todos juntos em defesa de um companheiro de trabalho.”

      Errado Alano, se o companheiro de trabalho tiver pisado na bola como foi o caso do Ibernon, o correto seria aconselhá-lo a pedir desculpas pelos abusos, e tentar junto ao presidente do Ceará uma nova chance. O bom jornalista deve estar sempre unido ao bom profissional e ao profissionalismo, e fazer a defesa intransigente da razão. Não importando de que lado estejam, ou quais sejam os seus amigos.

  5. O Ceará Sporting Club é UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA, sendo, pois, apenas permitida a entrada de quem autoriza sua direção executiva.

    O mau caratismo velado deste pseudoreporter nos microfones da nociva rádio verdes mares para com o CEARÁ SPORTING CLUB e, principalmente, para com o presidente desta agremiação, Sr. Evandro leitão, é algo visível e ascintoso. Questões MERAMENTE POLÍTICAS lebara o pseudoreporter e seu chefe, um ex-deputado falido, a depredar e depreciar a administração do atual presidente alvinegro, isto sim.

    Evandro resguarda-se no seudireito de presidente daquela instituição em toma rtal atitude e TEM O APOIO MACIÇO E PRATICAMENTE UNÂNIME DE TODA TORCIDA DO CEARÁ.

    Aos cronistas que sempre gostavam de dançar sobre a carcaça do antigo Ceará, combalido e entregue às traças, fica o aviso: ninguém nunca mais se promoverá às custas da desgraça do clube demaior torcida do estado. Conformem-se

    Wilson de Medeiros- (85) 8757-9966.

    B.A

  6. É preciso que se veja o Ceará Sporting Clube como uma agremiação e não como uma propriedade privada que dá privilégio a esse ou aquele, seja um dirigente, cronista ou torcedor comun. O importante é que seja respeitado o direito de imprensa e que assuntos como esses não façam mais parte do cotidiano da Cronica Desportiva. Fica meu apoio declarado a atitude tomada pelos presidentes da APCDEC e Sindicato dos Radialistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *